Prevenção de Câncer de Mama em Pets
Simone segura um cachorrinho em mãos

Date

Simone Alcalde segura um buldogue que teve um problema de câncer de mama.

O câncer de mama em pets é um problema terrível. Por isso, a campanha de prevenção também acontece em Outubro e também é conhecida como Outubro Rosa. Assim como seus tutores, nossos bichinhos também podem sofrer com o câncer e por isso, é bom se informar sobre o assunto.

O que é o câncer de mama no pet?

O câncer de mama em si é a erupção de células cancerígenas de forma assimétrica na região das glândulas mamárias. É uma das principais causas de mortalidade feminina no Brasil. E, infelizmente, ela também acontece entre os pets.

Segundo o Conselho Federal de Medicina Veterinária, a doença acomete um pouco mais da metade dos casos entre cachorras e aproximadamente um terço de gatas. É um problema seríssimo.

Conversei com a Dra. Mariana Lefrève, da Clínica Veterinária Dr. Mairiporã, sobre esse assunto. Ela me contou que o câncer de mama em cães e gatos não atinge exclusivamente as fêmeas. Embora em menor proporção, os machos também são vítimas da doença.

Como detectar a enfermidade?

Se você perceber caroços, inchaço e dilatação nas mamas, presença de secreções, odor desagradável e dores, procure um veterinário o mais rápido possível para que seja feito o diagnóstico adequado.

Caso algum nódulo ou tumor sejam detectados, o animal será submetido à exames pré-cirúrgicos de sangue e ultrassom para avaliar a saúde antes da cirurgia de retirada das mamas, a chamada mastectomia.

Feita a cirurgia, uma biópsia será pedida para esclarecer se os nódulos são benignos ou malignos e se haverá a necessidade de quimioterapia após a mastectomia.

Simone Alcalde segura um shih tzu que teve câncer de mama.

Como prevenir o câncer de mama nos pets?

A prevenção mais eficaz do câncer de mama em animais é a castração de fêmeas antes do primeiro cio, o que reduz em 99% o risco de aparecimento da doença, pois os hormônios são os grandes responsáveis pelo aparecimento do câncer.

Anticoncepcionais também aumentam o risco de câncer, por isso são altamente contra-indicados pelos veterinários.

Observe as alterações de comportamento ou sinais estranhos no seu animalzinho e visite regularmente o vet. Isso fará toda a diferença, além de ser decisivo para aumentar a chance de cura do seu pet.

Links úteis para você ter mais informações

More
articles